MDM Studio | Responsive Design
Compartilhe esta notícia no Facebook

Confirmada a compra do WhatsApp por US$ 16 bilhões pelo Facebook

Responsável pelo popular aplicativo de bate-papo em celulares, o WhatsApp teve sua compra anunciada pelo Facebook na ultima quarta-feira, 19/02, pelo valor de US$ 16 bilhões (R$ 38 bilhões), pagos por meio de ações e dinheiro.


Essa é, sem duvida, a maior compra já realizada pelo Facebook, e a impressão que fica sobre a fusão é que a rede social comprou o serviço para tirá-lo do mercado.

Concorrente direto do Facebook Messenger, aplicativo que nos últimos meses ficou mais agradável visualmente e ganhou a possibilidade de adicionar contatos pelo número de telefone sem a necessidade de que esses contatos fizessem parte da sua lista de amigos da rede social, o WhatsApp tem 450 milhões de usuários e já está a caminho de alcançar 1 bilhão.

Recebendo US$ 4 bilhões em dinheiro pela aquisição, além de outros US$ 12 bilhões em ações do Facebook, o acerto envolve ainda US$ 3 bilhões em ações restritas que serão dadas aos funcionários do WhatsApp, totalizando um investimento de US$ 19 bilhões.

Segundo Jam Koum, cofundador do WhatsApp e CEO da empresa que, a partir de agora, se tornará também um executivo do Facebook ocupando uma cadeira no quadro de diretores de seu novo empregador, nada vai mudar e a autonomia e independência do aplicativo não serão afetadas. O usuário continuará aproveitando o serviço por uma pequena taxa (já existente) e acessando o aplicativo de qualquer lugar e com qualquer celular.

O blog do WhatsApp foi utilizado para acalmar os 450 milhões de usuários da ferramenta, explicando os motivos da fusão que, segundo o post, seria que a aquisição daria flexibilidade ao WhatsApp para crescer e expandir, além de, ao mesmo tempo, dar à equipe mais tempo para focar-se no desenvolvimento do serviço.

21 de Fevereiro de 2014 [13:59:19]

CEO da MDM Studio, Marcelo Motta participa ativamente do processo de produção de websites, tendo em seu portfólio mais de 130 trabalhos finalizados, entre marcas, websites e sistemas web. Os projetos mais recentes contam com a estrutura do HTML 5, combinados com CSS3 e versões mobile através de media queries.
 

TechNews

Informativos MDM Studio, Games e Tecnologia

Assine nosso Feed RSS